5 dicas de como sua imagem pode ajudar na sua autoestima

Quando entrei na puberdade, fase em que se iniciam as mudanças e também momento em que começamos a nos perceber como indivíduos no mundo, comecei a me olhar no espelho e a não me identificar com a imagem refletida nele. Muitas vezes me sentia o patinho feio da turma e para reforçar essa imagem que eu fazia de mim, era uma criança muito tímida e introvertida.

E foi assim durante minha adolescência. Sempre me achava como um pássaro fora do ninho. Era muito diferente das meninas da minha idade (pelo menos eu achava). Elas me pareciam expansivas, destemidas, e eu me sentia medrosa, acanhada. Quando chegou a época do vestibular, assim como a maioria dos adolescentes, tive várias dúvidas até chegar na escolha definitiva. Por gostar de customizar meus próprios looks, e neste tempo as faculdades de moda começavam a se expandir no Brasil, decidi cursá-la.

O primeiro ano foi desafiador. Não me identificava com muitas de minhas colegas de sala. Aos poucos fui observando no meu entorno que moda ia além do que eu imaginava e conhecia até então.

Começando a estagiar numa grande confecção, primeiro como assistente e depois me tornando estilista um ano mais tarde, minha mudança começou a acontecer. Conforme ganhava autoconfiança, credibilidade com os superiores, ter autonomia e ver o resultado do meu trabalho, a sensação que tive, posso comparar como a metamorfose de uma lagarta que começa a sair do casulo e a se transformar numa borboleta. Quando percebi já era outra pessoa, outra mulher. Estava no auge da minha autoestima. Tudo mudou, comecei a me sentir dona de mim, do meu corpo, do meu potencial, de minha capacidade. A imagem de agora refletida no espelho era outra. Passei a admirá-la.

Já havia notado que a moda vai muito além de tendências. Descobri por experiência própria que ela pode nos ajudar a transmitir quem somos e como estamos nos sentindo através da imagem. Imagem esta que é uma linguagem não falada, mas cheia de significados, mesmo inconscientes.

Chegar neste auge como vocês puderam perceber é um processo que aconteceu de dentro para fora. Mas por ser um processo e consequentemente este levar tempo, enquanto isso…podemos recorrer ao inverso: trabalhar a imagem para assim com este recurso buscar uma melhor autoestima, ou seja de fora para dentro.

Para isso separei 5 dicas de como você pode começar ir à luta em busca do reencontro com você mesma:

  • Coloque aquela roupa e sapatos que você adora…sabe aqueles que sempre deixa para uma ocasião especial!!! Ocasião especial são todos os dias, cada dia é um presente, que devemos aproveitá-lo ao máximo…então nada de ficar deixando as roupas e sapatos mais bonitos para usar só de vez em quando, aproveite o agora!!
  • Faça uma maquiagem, nada com muitos recursos, uma maquiagem básica, pois isso é outra coisa que muitas vezes só fazemos em ocasiões especiais…você sentir-se bem é todos os dia.
  • Dê um jeitinho no cabelo, saia do básico, que tal prendê-lo despretensiosamente?? Já dará uma super valorizada no seu visual;
  • Passe um perfume bem gostoso, e sinta-se perfumada para você mesma, sinta-se acolhida;
  • Se você está com a unha por fazer, bora lá dar um jeitinho??

Não precisa ir na manicure se não der, faça você mesma ou peça uma ajudinha para amiga…quem não gosta de olhar para as mãos e vê-la toda arrumada!!!

 

Estas dicas garanto a você que lhe trarão um empoderamento incrível, tal que jamais se libertará delas.

Bora lá experimentar !!!!!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
auto estima
imagem